Editorias / Motor

11/08/2011 13:58

Carros econômicos são os favoritos, diz pesquisa

Economia de combustível é o que mais pesa na hora de escolher o carro novo em todas as classes

Metro Magazine

print

Um novo estudo no mercado norte-americano aponta que mais de 40 por cento dos proprietários de automóveis consideram a economia de combustível como "extremamente importante", quando se considera a compra de veículos novos. A pesquisa também confirma que um terço dos consumidores dizem que a economia de combustível terá o "maior impacto" sobre a sua compra no caso de voltar a comprar um veículo da mesma marca (fidelidade), e que os compradores mais jovens são ainda mais exigentes. Além disso, "Os clientes estão dizendo que veículos limpos e verdes também têm grande influência nas compras de carros zero quilômetro, porque eles são bons para o bolso das pessoas e bons para o nosso planeta", disse Mark Fields, presidente da Ford nas Américas, ao comentar o estudo. 

O estudo anual sobre veículos novos vem se realizando desde 1970 pela “Maritz Research”, com pesquisa de opinião que envolve cerca de 200 mil consumidores por ano. O mais recente estudo, realizado no primeiro trimestre, mostra que 42% das pessoas entrevistadas dizem que a economia de combustível é extremamente importante na decisão de compra de novos modelos. Esse número significa um aumento de 13,5% sobre a opinião do mercado emitida há 10 anos. Além disso, enquanto os compradores de veículos pequenos, compactos, revelam uma tendência de colocar a economia de combustível em direção ao topo de sua lista de considerações de compra, a economia de combustível saltou em importância em quase todos os segmentos de veículos pesquisados desde 2001.

Decisões de consumo formam novos hábitos

Para alguns, a ideia de um consumo mais ético está impulsionando o desejo de alcançar uma melhor quilometragem por litro de combustível na maioria dos veículos e a percepção da aceitação popular dos carros compactos atinge, no momento, níveis recordes nos Estados Unidos. "Desde dezembro de 2010, temos visto em toda a indústria um aumento nas compras de  carros pequenos, cujos índices pularam de 19 para 24 por cento", disse George Pipas, executivo da Ford. O mesmo acontece com os veículos maiores. Cerca de oitenta por cento dos clientes que compram Ford Fusion escolhem o motor de 4 cilindros em vez do V6. No mês de maio, pela primeira vez em décadas, mais de 55 por cento dos Ford F150 vendidos eram equipados com motores V6, em vez de V8.

 

Compartilhe esta matéria com seus amigos

Comentários comente esta matéria

Ainda não existem comentários para esta matéria. Seja o primeiro a comentar!

Comente esta matéria

* Todos os campos são obrigatórios

Vídeos

Tv+ Rio - Sítio Carvalho Plantas - Semana 24

Tv+ Rio - Usina - Semana 24

Como anunciar


  • Notícias
  • Esportes
  • Diversão
  • Editorias
  • twitter

    Twitter:
    Siga o Metro Magazine

    © 2010-2011 Metro Magazine. Todos os direitos reservados.