Editorias / Decoração

14/03/2011 16:17

Cuidados necessários com móveis de fibras naturais ou sintéticas

O verão pede área de lazer, com piscinas e/ou jardins, e estes ambiente normalmente são compostos com algumas peças de fibra

Metro Magazine / MA

print

Os espaços para relaxamento, descanso ou simples contemplação pedem quase sempre uma piscina climatizada convidativa, uma área verde com jardim bem cuidado e móveis de fibra natural ou sintética para uma paisagem harmoniosa. Esses objetos são lindos, porém necessitam de cuidados especiais, sendo que os naturais devem ficar em área coberta e os sintéticos são resistentes e perfeitos para locais externos.

Para quem optar por peças de fibras naturais feitas de apuí, rattan, junco, entre outros, há alguns cuidados a serem tomados. “O mais importante é que esses móveis não podem ficar expostos às intempéries do tempo, como sol, chuva ou umidade, isso danifica o aspecto e a composição. Por exigir tanto cuidado, são mais indicados para áreas internas ou cobertas.”, explica Claudio Abreu Soares, da Fibra Móveis.

Segundo ele, é necessário também evitar colocar muito peso sobre os objetos de fibra naturais; não é aconselhável utilizar solventes como, álcool, acetona, thinner, abrasivos (esponja de aço), detergentes ou qualquer outro produto que contenha soda ou ácidos para limpar e tirar manchas; esses móveis devem estar em ambientes arejados e não devem ficar em lugares fechados por muito tempo. “Para uma perfeita limpeza é recomendado pano macio umedecido em solução com água e sabão neutro, após passe flanela seca e para fibras trançadas, uma escova de cerdas macias com água e sabão neutro podem ser a solução.  É recomendável comprar móveis almofadados de fibras naturais ou sintética que tenham o acabamento em tecido impermeável, isso facilita a limpeza e garante a durabilidade do produto.”, detalha Soares.

Já a limpeza da fibra sintética deve ser feita também simplesmente com um pano úmido, sabão neutro e não necessita de nenhum produto especial de limpeza ou abrazivo.  “Atualmente a maioria dessas peças são sintéticas. O material natural não é ecologicamente correto, pois exige uma extração, e se degrada com mais facilidade. Já o sintético pode ser usado em área interna e externa e não danifica com facilidade, tendo uma durabilidade maior independente da variação do clima ou tempo, como calor, sol, frio ou chuva. Outra vantagem é que para o verão, os objetos de fibras secam rapidamente após aquelas famosas chuvinhas da estação”, alerta.

Quando estão na área de lazer, com jardins ou piscinas, os móveis de fibra compõem o ambiente agradavelmente, pois é leve, tem uma aparência confortável e combina com o verde da natureza e o azul da piscina.  Além disso, é possível escolher peças com design diferenciado, com estilo moderno, romântico, rústico ou vintage, que podem ser poltronas, cadeiras, mesas, chaise, espreguiçadeira, entre outros. 

Decorar com móveis de fibras tem como diferencial, os tecidos,  que pode ser escolhido, de acordo com a decoração do ambiente, sendo lisos em diversas cores, incluindo o branco, ou floridos tipo havaiano e até listrado, estilo marinheiro.

Compartilhe esta matéria com seus amigos

Comentários comente esta matéria

Ainda não existem comentários para esta matéria. Seja o primeiro a comentar!

Comente esta matéria

* Todos os campos são obrigatórios

Vídeos

Tv+ Rio - Sítio Carvalho Plantas - Semana 24

Tv+ Rio - Usina - Semana 24

Como anunciar


  • Notícias
  • Esportes
  • Diversão
  • Editorias
  • twitter

    Twitter:
    Siga o Metro Magazine

    © 2010-2011 Metro Magazine. Todos os direitos reservados.