Esportes / Brasil

31/05/2012 10:56

Brasil "olímpico" goleia Estados Unidos por 4 a 1

Agência Rio

print

Seleção domina time americano e amplia série invicta para dez jogos (nove vitórias, sendo oito seguidas, e um empate)

Com mais uma atuação sólida, a base olímpica montada por Mano Menezes para defender o Brasil animou o torcedor ao golear os Estados Unidos por 4 a 1 na noite desta quarta-feira (30), em Washington, nos EUA. Depois de um desempenho convincente e da boa vitória por 3 a 1 sobre a Dinamarca, no último sábado, a Seleção Brasileira dominou com sobras o time americano e ampliou a série invicta para dez jogos (foram nove vitórias, sendo oito seguidas, e um empate). O Brasil volta a campo no próximo domingo diante do México, em Dallas.

Os anfitriões tentaram impor um ritmo forte no começo da partida, mas não demorou a ficar evidente que faltava poder de ataque aos americanos. Logo aos 11 minutos, a Seleção jogou um balde de água fria nas aspirações dos donos da casa ao abrir o placar em um lance de velocidade: Leandro Damião recebeu na entrada da área, cortou para o meio e soltou uma bomba que encontrou a mão de Onyewu, gerando a marcação de pênalti. Frio, Neymar converteu com categoria e comandou uma alegre dança na comemoração. O entrosamento vindo do Internacional também beneficiava a Seleção Brasileira em Washington. Aos 21 minutos, no passe caprichado de Oscar, Leandro Damião invadiu a área livre e finalizou para grande defesa de Howard. O Brasil só precisou de mais cinco minutos para ampliar a vantagem. Aos 26, Neymar caprichou na cobrança de escanteio da esquerda e colocou a bola na cabeça de Thiago Silva, que fulminou o arqueiro americano.

Tranquila no fim do primeiro tempo, a Seleção passou a criar jogadas mais rebuscadas, com direito a passe de calcanhar. Mas, pouco antes do intervalo, um cochilo da defesa proporcionou o gol norte-americano. Aos 44 minutos, Gomez balançou as redes ao aproveitar cruzamento de Johnson. A Seleção Brasileira voltou mais concentrada para a segunda etapa e em apenas seis minutos marcou o terceiro. Em jogada criada pela esquerda, Neymar foi acionado por Hulk e, da linha de fundo, cruzou para trás, encontrando Marcelo livre para chutar no contrapé de Howard: 3 a 1. A partir dos 19 minutos, Mano Menezes promoveu um teste importante, com a entrada de Alexandre Pato no comando de ataque. Na primeira participação, o jogador do Milan perdeu uma chance clara na cara do gol. O goleiro Rafael ainda justificaria sua escalação ao operar um verdadeiro milagre - defendendo dois arremates de Torres e Gomez na mesma jogada e uma cabeçada de Bradley - antes de Pato se redimir. O atacante transformou a vitória em goleada com o quarto gol, em um chute firme de perna direita.

EUA x Brasil

EUA
Howard; Cherundolo (Parkhust), Bocanegra, Onyewu, Fabian Johnson (Castillo) e Edu (Boyd); Bradley, Jones (Beckerman) e Donovan; Gomez e Torres (Dempsey)
Técnico: Jurgen Klinsmann

Brasil
Rafael, Danilo, Juan, Thiago Silva e Marcelo (Alexsandro); Romulo, Sandro, Oscar (Giuliano); Hulk (Casemiro), Neymar (Lucas) e Damião (Pato)
Técnico; Mano Menezes

Data: Quarta-feira, 30 de maio de 2012
Local: FedEx Field, em Washington
Arbitragem: Jeffrey Calderon (CRC)
Auxiliares: Leonel Bermudez e Octavio Carballo (CRC)
Cartões amarelos: Torres e Jones (EUA); Oscar e Marcelo (Brasil)
Gols: Neymar, aos 11 min do 1º tempo, Thiago Silva, aos 25 min do 1º tempo, Gomez, aos 44 min do 1º tempo, Marcelo, aos 6 min do 2º tempo, Pato, aos 42 min do segundo tempo.

Compartilhe esta matéria com seus amigos

Comentários comente esta matéria

Ainda não existem comentários para esta matéria. Seja o primeiro a comentar!

Comente esta matéria

* Todos os campos são obrigatórios

Vídeos

Tv+ Rio - Sítio Carvalho Plantas - Semana 24

Tv+ Rio - Usina - Semana 24

Como anunciar


  • Notícias
  • Esportes
  • Diversão
  • Editorias
  • twitter

    Twitter:
    Siga o Metro Magazine

    © 2010-2011 Metro Magazine. Todos os direitos reservados.